Rss Feed
  1. Diagnóstico: ECC – Escassez de criatividade crônica

    quarta-feira, 23 de novembro de 2011

    De uns tempos pra cá estou com sérios problemas criativos. Eu ando pela rua, vejo coisas interessantes e penso “nossa isso daria uma boa crônica!”. Mas cadê a criatividade para por no papel (tela), não consigo escreve uma frase sobre o assunto. Às vezes acontece pior, tenho a ideia, consigo pensar no texto, mas não tenho nada perto para registrar. Confesso que a preguiça de procurar ajuda muito. Culpo em partes minha criatividade pré-sono. Aquela que aparece quando você esta fazendo uma síntese do dia com a cabeça no travesseiro, antes de dormir. Eu prezo muito meu sono para me dar ao luxo de levantar e pegar um papel e uma caneta. Acredito piamente que na manhã seguinte a ideia não vai ter fugido. Mas a ideia é malandra, sempre vai embora antes que eu acorde, sem fazer barulho, sem deixar bilhete e pior ainda, nem me liga no dia seguinte!

    Fico preocupada com essa minha “doença”, escassez de criatividade crônica (sem duplo sentido). Sempre digo que estarei feliz profissionalmente quando puder viver de escrever, principalmente crônicas. Como uma pessoa que sonha ganhar o pão de cada dia através de ideias colocadas no papel, fica meses sem conseguir juntar dois parágrafos. Com um agravante. Que sejam bons!

    Tenho até sonhado com isso. Esta noite sonhei que estava em uma aula de estilos jornalísticos, e o suposto professor citava nomes de alunos que teriam futuro com o jornalismo literário. O sonho virou pesadelo. Meu nome não estava lá. Para piorar o professor dava uma lição de moral a essas pessoas que se julgavam bons escritores. Em minha defesa: nunca me julguei boa escritora, muito pelo contrário, tenho medo de escrever. Segundo: acredito em sonhos “proféticos”. Acredito também que esse não se cumprira. Amém!
    |