Rss Feed
  1. Eu no Mundo

    terça-feira, 24 de maio de 2011

          Eu não sou do mundo, estou nele apenas de passagem. Sou um forasteiro aqui. Enquanto isso  fico por aqui, vou aprendendo o que devo fazer e o que não devo.  Às vezes deixando o leão aparecer outras vezes à criança, depende de quem está na frente. Por vezes reprimindo sentimentos. O mundo é bom só pra passar um tempo. Eu conheço um lugar muito melhor. Mas como estou por aqui, vou falar deste mundo mesmo.

         Nada fácil ser forasteiro por aqui, as pessoas te cobram e te julgam: “AH! Porque você é assim? Não precisa disso tudo!”. Se ao menos houvesse respeito já seria um bom começo. Elas julgam porque é um mal do homem julgar e principalmente pré-julgar. Julgam por não conhecer e muitos não fazem a menor questão de tentar.Esse mundo foi criado pra ser bom, mas o ser humano não tem ajudado muito nessa parte. Alguns esquecem que o bom mesmo é viver em paz e ser feliz. Pra quem vive nesse mundo isso tudo é muito utópico não? Mas o rascunho era esse, mas na hora de passar a limpo estamos usando a caneta errada.
         
         Todos os dias nós temos a oportunidade de parar de usar essa caneta, e usar um lápis simples para passar esse rascunho a limpo. Mesmo assim insistimos com a caneta, mas o problema da caneta é que não da pra apagar. Triste.

         Porém eu sei de um lápis que resolve esse problema, a cor desse lápis é vermelha, e o maior segredo dele é que ele apaga os traços errados da caneta. E não são por linhas tortas não, são por linhas certas, certíssimas.

     
    (I Coríntios 13:10)  

    |


  2. 0 comentários: